Notice: Undefined variable: imagemcapa in /home/novaopin/public_html/unica_noticia.php on line 52
Nova Opinião - Vida Inteligente Na Internet


Após recuperação física, Corinthians se preocupa com aspecto emocional

  • Autor: Nova Opinião - Data 18/08/2017

Após duas semanas sem compromissos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians estreará no segundo turno contra o Vitória, neste sábado, em Itaquera. O período de inatividade – proporcionado pelo adiamento do jogo contra a Chapecoense, em excursão internacional – serviu para a comissão técnica recuperar fisicamente os jogadores. Agora, a preocupação é com o aspecto emocional.

“Temos que trabalhar sempre a parte psicológica”, avisou o centroavante Jô, que tocou espontaneamente no tema diversas vezes em entrevista concedida nesta quinta-feira. “O importante é a gente ser o mais natural possível. Se vier um tropeço, não pode abaixar a cabeça”, complementou.

O tropeço não vem em forma de derrota para o Corinthians há 34 partidas. Com 47 pontos ganhos, o líder invicto do Brasileiro lida com a pressão de confirmar os 87% de chances de ser campeão (de acordo com o cálculo do matemático Tristão Garcia) no segundo turno.

“Alguns torcedores já estão falando que é realmente difícil tirar o título do Corinthians, mas tentamos segurá-los. Outros ficam nos cobrando para manter o desempenho. O psicológico vai ser fundamental nessa reta final”, repetiu Jô. “Aqui dentro, é muito mais fácil controlar. Temos consciência de que o que fizemos no primeiro turno não adiantará nada se não fizermos um segundo pelo menos bom. Tivemos 15 dias para refletir bem sobre o que fazer até o fim do ano”, acrescentou.

Os 15 dias ajudaram também o Corinthians a corrigir os seus pequenos erros. “Mas não tem o que fazer a mais. Se repetirmos o desempenho… São só ajustes em termos físicos de finalização e psicológicos”, enfatizou novamente Jô.

O centroavante de 30 anos é um dos líderes do elenco e tem o cuidado de guiar emocionalmente os mais novos. Para a partida contra o Vitória, a meta é não se iludir com a situação do oponente, penúltimo colocado da competição nacional. “Qualquer um é capaz de vencer o Corinthians. Já vimos exemplos de times que estão lá embaixo ganhando dos que estão lá em cima. Vamos respeitar todos”, ordenou Jô.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião