Notice: Undefined variable: imagemcapa in /home/novaopin/public_html/unica_noticia.php on line 52
Nova Opinião - Vida Inteligente Na Internet


Líder do EI faz apelo para que combatentes resistam em Mossul

  • Autor: Nova Opinião - Data 04/11/2016

Uma mensagem de áudio atribuída ao líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, pede que os jihadistas resistam a ofensiva militar que chegou à Mossul, no norte do Iraque. Ele se disse “confiante na vitória”, segundo a CNN.

"Manter o seu terreno é em honra mil vezes melhor do que recuar em desgraça", afirmou Baghdadi, nessa é a primeira mensagem atribuída à Baghdadi desde 2015.

"A todo o povo de Nínive, especialmente os combatentes, eu lhes digo que tenham cuidado com suas fraquezas na hora de enfrentar o inimigo", completou Al-Baghdadi, referindo-se à província que tem Mossul como capital, segundo a France Presse. O áudio foi divulgado pela Al-Furqan Media, uma agência afiliada ao EI.

O líder se dirige a cerca de 3 a 5 mil combatentes que seguem em Mossul, que é muito simbólica para o Estado Islâmico. Foi nessa cidade no norte do Iraque que ele proclamou a instauração de um califado em junho de 2014.

As forças iraquianas, apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, em 17 de outubro e na terça-feira (1º) chegaram aos limites da cidade. O premiê iraquiano, Haider al-Abadi, pediu para que os terroristas se entreguem ou se preparem para morrer.

As informações sobre sua saúde e os deslocamentos de Baghdadi são contraditórias. Ele deixou Mossul em um comboio em direção à cidade síria de Raqqa, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Dezenas de milhares de integrantes das forças de segurança envolvidas na operação de reconquista de Mossul avançam por três frentes: leste, sul e norte.

Em sua fase inicial, as tropas tomaram dezenas de cidades e vilarejos situados nas planícies que cercam a cidade de Mossul, segundo a France Presse.

Nesse momento, as forças iraquianas tentam abrir corredores de segurança para permitir a fuga de civis. Os soldados devem travar uma intensa batalha urbana contra os extremistas, entrincheirados na cidade.

Quase 1,5 milhão de pessoas moram na região de Mossul, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Imagens divulgadas pela CNN nesta manhã mostram iraquianos tentando fugir dos combates em Mossul.

Fonte: G1

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião