Caretas efetuam disparos de arma de fogo na cidade de Bonito de Santa Fé e caso termina na delegacia

  • Autor: Nova Opinião - Data 18/04/2019

Por volta das 18h30min, desta quarta-feira dia 
17, a PM foi solicitada, através de ligação anônima do linha solidária 190, que no Jardim das Neves na cidade de Bonito de Santa Fé, dois caretas efetuaram vários disparos de arma de fogo próximo ao bar do senhor José Pereira Alves. De imediato, policiais foram até o local solicitado a fim de averiguar tal informação. No trajeto o senhor Paulo Henrique Mendes Rosa (careta) se encontrava ao lado da igreja católica, e ao avistar a guarnição policial tentou se esquivar; no entanto, a guarnição realizou a busca pessoal no mesmo e foram encontrados em sua posse os seguintes objetos: 01(uma) réplica de escopeta de papelão, 02(dois) chocalho, 01(uma) capa de colete balístico, 01(um) isqueiro, 01(um) colete artesanal com réplicas de papelão de bomba, 01(uma) máscara e 01(uma) par de luvas. Com isso, ao ser indagado sobre o fato ocorrido no Jardim das Neves, o mesmo afirmou que não sabia quem efetuou os disparos, pois na hora do ocorrido todos se evadiram para vários locais, e, portanto, não sabia o paradeiro dos demais e que o grupo de caretas  era torno de 25 (vinte e cinco) integrantes, que estavam sendo transportados em uma caminhonete S10, a qual era conduzida por Felipe, filho de galego de Zé Dias que reside na Rua Projetada, saída para Piranhas velha na cidade de São José de Piranhas. 
 
          De igual modo, no local do ocorrido, foi verificado que um dos disparos atingiu o veículo Fiat Uno de placa OKX-7197 de Irecê na Bahia, na porta traseira direita deste, o qual era conduzido por Leonardo Beto Dias. O mesmo informou à guarnição que não dava para reconhecer ninguém porquanto era um número grande de mascarados e alguns portando réplica de armas do tipo escopeta feita de papelão. Disso, passamos a diligenciar nas adjacências a fim de localizar mais integrantes da equipe, porém sem êxito. 
         Acrescenta-se, ainda, que conforme relato de Leonardo Beto Dias, momento antes dos disparos, houve uma discussão entre Leonardo Beto e Jair que trabalha com Iarle moto-peças em São José de Piranhas, e que entraram em vias de fato, pois os caretas adentraram ao recinto de forma abrupta. Logo em seguida, o careta Jair, possivelmente, retornou e efetuou os disparos. 
 
        Portanto, o senhor Paulo Henrique Mendes Rosa foi conduzido a DP de Cajazeiras, juntamente com os objetos, para que o Delegado plantonista efetue as medidas subsequentes.

Fonte: Ângelo Lima

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião