MPPB instaura inquérito para investigar empresa responsável pelo concurso da Prefeitura de Cajazeiras

  • Autor: Nova Opinião - Data 21/03/2019

Sócio da IDIB também é sócio de uma empresa que está sendo investigada por fraude em concursos públicos e responde a uma ação de improbidade administrativa

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito para apurar supostas irregularidades na contratação do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro – IDIB, empresa responsável pela realização do concurso público da Prefeitura de Cajazeiras que está marcado para o dia 09 de junho.

De acordo com o MPPB, um sócio da IDIB também é sócio do Instituto Cidades – Centro Integrado de Desenvolvimento Administrativo, Estatística e Social, que está sendo investigado por fraude em concursos e responde a ação de improbidade administrativa.

A Portaria Nº 14/2019 ao qual o Diário do Sertão teve acesso diz que ‘a presente denúncia apresenta várias notícias de sites que demonstram irregularidades envolvendo as duas empresas (IDIB e Instituto Cidades)’.

Além disso, o Ministério Público considera ‘a necessidade de investigar a razão de ambas as empresas possuírem endereços idênticos’ no Bairro Sapiranga, em Fortaleza/CE.

A Portaria assinada pela promotora de justiça Sarah Araújo Viana de Lucena diz ainda que na ação contra o Centro Integrado de Desenvolvimento Administrativo, Estatística e Social determinou-se a suspensão do concurso público em Valparaíso/GO.

Prefeitura de Cajazeiras

O Diário do Sertão entrou em contato com o secretário de Governo e Articulação Política de Cajazeiras, José Anchieta, que disse que a Prefeitura só vai se posicionar sobre o caso quando for oficialmente notificada. Por enquanto, não há mudança no cronograma do certame.

Fonte: DIÁRIO DO SERTÃO

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião