Cajazeiras e mais 13 cidades da PB devem receber verbas para prevenção e controle da obesidade infantil

  • Autor: Nova Opinião - Data 22/11/2018

Portaria do Ministério da Saúde habilita, no total, 205 cidades a receberem verbas também para ações do PSE e para reduzir baixa frequência de alunos por motivos de saúde.

Uma portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) da quarta-feira (21) habilitou 14 cidades paraibanas a receberem mais de R$ 965 mil para ações de prevenção e controle da obesidade infantil em escolas da rede municipal. Além da verba destinada a estas ações, a portaria habilita, no total, 205 cidades a receberem verbas para ações do Programa Saúde na Escola (PSE) e para ações que ajudem a reduzir a baixa frequência dos alunos por motivos relacionados à saúde.

De acordo com o documento, o repasse financeiro de R$ 965 mil vai ser destinado às cidades de Bayeux, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Esperança, João Pessoa, Mamanguape, Monteiro, Pombal, Queimadas, Santa Rita, São Bento, Sapé e Sousa. Os valores para cada cidade variam de R$ 50 mil a R$ 185 mil e são de acordo com o número de alunos matriculados.

No total, a portaria destina R$ 3,1 milhões para as três ações. A maior parte do valor, R$ 1,1 milhões são para as ações que visam reduzir a baixa frequência por motivos de saúde. Mais de R$ 1 milhão também são destinados ao monitoramento do PSE no ciclo 2017/2018. Quase 660 mil alunos vão ser beneficiados pelos recursos.

Criado pelo Governo Federal, o PSE é uma estratégia de integração entre saúde e educação com o objetivo de desenvolver a cidadania e a qualificação das políticas brasileiras. O programa trabalha práticas de promoção, prevenção da saúde e construção de uma cultura de paz com as crianças, adolescentes, jovens e adultos que estão inseridos nas escolas da rede pública do município.

Fonte: G1

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião