FPF e clubes definem Campeonato Paraibano 2019 com 14 datas

  • Autor: Nova Opinião - Data 14/11/2018

Campeonato Paraibano de 2019 teve seu pontapé inicial na tarde desta terça-feira (13), durante a reunião do conselho arbitral da competição, em um dos hotéis de João Pessoa.

Ficou decidido que o torneio terá as mesmas 14 datas de 2018 e que o início está previsto para a segunda semana de janeiro.

A Federação Paraibana de Futebol informou que a tabela completa será divulgada até esta quarta-feira (14).

Parecida com a fórmula de disputa desse ano, o certame será composto por dois grupos de cinco participantes, com os quatro cabeças de chave (dois em cada grupo) estabelecidos já estabelecidos: Botafogo-PB, Campinense, Sousa e Treze.

Os demais clubes serão escolhidos por meio de sorteio a ser realizado em um evento de lançamento.

Os dois melhores de cada grupo estarão classificados para as semifinais do torneio.

O detalhe é que o Belo, atual bicampeão estadual, gostaria de um torneio com menos datas, para poder dividir atenções com a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste, enquanto Galo, Raposa e Dinossauro propunham 22 datas.

O calendário oficial da CBF para 2019 separava 18 datas para as disputas domésticas.

Na primeira fase, as equipes do Grupo A jogarão contra as equipes do Grupo B em jogos de ida e volta. O primeiro da chave A enfrenta o segundo da B nas semi, enquanto o primeiro da B pega o segundo da A.

Quem avançar nos confrontos garante vaga na grande final, que também será disputada em duas partidas.

Não haverá gol qualificado como critério de desempate. Diferentemente do estadual deste ano, apesar da divisão em grupos, não haverá quadrangular do rebaixamento. Os dois últimos colocados de cada chave já confirmam o descenço.

A inscrição de jogadores pelos clubes poderá ser feita até antes do início da sexta rodada. Caso os atletas não estejam no BID da CBF até este momento, não poderão mais atuar durante o Paraibano.

Estatuto do Torcedor

O Estatuto do Torcedor prevê que as fórmulas dos campeonatos chancelados pela CBF sejam utilizados por pelo menos duas edições, obrigando a Federação Paraibana de Futebol a dar entrada com um processo no Conselho do Esporte por causa da mudança no regulamento de 2018 para 2019.

Redação com esportes.pb

Fonte: PB Agora

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião