Desembargador nega pedidos de advogado campinense que entrou com ação para suspender o Empreender-PB

  • Autor: Redação - Data 03/10/2018

O desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Oswaldo Trigueiro do Vale, negou recurso do advogado Jonatas Franklin, pedindo sanções contra o programa Empreender-PB. As medidas incluíam busca e apreensão de computadores e documentos, afastamento e indisponibilidade dos bens da secretária executiva do Empreendedorismo, Amanda Rodrigues e do governador Ricardo Coutinho (PSB).

O advogado recorreu de decisão da juíza Ana Flávia, da Primeira Vara da Fazenda de João Pessoa, que determinou a suspensão do Empreender-PB, mas não atendeu os outros pedidos.

Em sua argumentação, Oswaldo observou que as medidas pleiteadas pelo advogado são exageradas, ao passo que não existem indícios de obstrução do processo por parte da secretária ou do gestor.

Advogado de Campina Grande, Jonatas Franklin não esconde em suas redes sociais a sua militância política em favor dos Cunha Lima, que fazem oposição ao Governo do Estado.

Fonte: Paraíba Já

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião