Vencemos os crimes contra a vida e vamos focar nos contra o patrimônio, diz João Azevedo

  • Autor: Redação - Data 12/09/2018

O candidato ao Governo da Paraíba, João Azevedo (PSB), foi o entrevistado desta quarta-feira (12), no programa Arapuan FM. A sabatina faz parte da rodada de entrevista com os candidatos.

Como candidato que representa o atual governo do Estado, João foi questionado a respeito da ação de criminosos no presídio PB1, dos problemas com a Segurança Pública da Paraíba e destacou os projetos para uso da tecnologia para auxiliar na prevenção de crimes.

João justificou que a polícia tem que respeitar a legislação, enquanto que os bandidos não, e por isso eles usaram armamento proibido contra o presídio. "Para que a Polícia Militar adquira armas, ela tem que solicitar autorização junto ao Exército, analisar o armamento que está disponível dentro da estrutura militar e após análise fazer a liberação ou não", disse reclamando que há muita burocracia.

O candidato também reclamou que as armas apreendidas pela polícia não podem ser utilizadas, assim como drogas que são apreendidas precisam ficar armazenadas, não podem ser automaticamente destruídas. "Temos que ficar guardando uma coisa que é de tanta cobiça para os criminosos", disse.

Apesar das dificuldades, o candidato afirmou que a Segurança Pública foi fortalecida durante os anos de governo de Ricardo Coutinho (PSB), lembrando que houve estruturação das polícias e no último anuário da segurança, a Paraíba apareceu fora da lista dos 10 piores, diferente dos conterrâneos do Nordeste. Ele admitiu a necessidade de continuar aumentando o efetivo, mas destacou a redução dos crimes contra a vida: 'agora vamos focar nos crimes contra o patrimônio".

"Vencemos na Paraíba, o crime contra a vida no sentido de redução do número de homicídios a cada dia, mas não está tudo resolvido, é preciso encarar o fato... agora vamos focar no crime patrimonial", afirmou.

Tecnologia - o candidato propôs o uso da tecnologia para a implantação de três centros de monitoramento, com câmeras de alta resolução nas estradas, possibilitando uma ação mais rápida da polícia, além de equipar as delegacias com drones e conexão online entre si. "A tecnologia existe e o que vamos fazer é investir", disse

Helicóptero - "O segundo (helicóptero) já decolou", disse, afirmado que a nova aeronave da polícia já está pronta para entrar em operação. Ele ressaltou que nem todas as ações necessitam da utilização do helicóptero, mas que com um segundo fica mais fácil realizar ações no interior do estado", completou.

Fonte: Paraíba.com.br

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião