“Essa Paraíba que eles querem ressuscitar nós já derrotamos”, diz Ricardo em resposta a Romero

  • Autor: Redação - Data 17/08/2018

O governador Ricardo Coutinho (PSB) respondeu às críticas do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), que afirmou que o socialista “perdeu uma grande oportunidade de ficar calado” quando classificou a chapa do PV como “familismo”.

“Acho que a política está se tornando cada vez mais esquisita. Uma coisa é estar na base de apoio, outra coisa é achar que vai governar a Paraíba juntando três famílias, ressuscitando a República Velha, pegando um irmão que está sem fazer nada e botar para ser governador, pegar a esposa do outro pra dizer que está dentro da chapa, a outra sai como filha do vice-prefeito, mas é o outro quem manda em tudo”, observou Ricardo

“Aí acham que isso é normal, e que eu e o povo não têm condições de fazer uma crítica? Está vivendo em outro mundo. O mundo não é mais aquele não do chá das 5h, das redomas de vidro, onde as impolutas famílias mandavam em tudo, com um chicote na mão, e para o povo nada, só o circo”, acrescentou o governador, em tom de reprovação.

Ricardo ainda foi mais além, e recomendou que Romero tomasse “chá de camomila”, e se não funcionar “lexotan para aguentar o debate”.

“Hoje o povo tem é escola, um Hospital de Trauma que é o melhor do Nordeste, tem estrada para todos os recantos do Estado, da menor cidade à maior. Hoje Campina Grande tem obra de mobilidade que era para a prefeitura do senhor Romero fazer, e o dinheiro não aparece. Me mostre uma reforma que esse povo faça? Me mostre por que eles não fazem uma escola?”, questionou.

“E quando fazem é com o dinheiro federal. Eu não faço reforma com dinheiro de fora, é tudo com o dinheiro da Paraíba. Essas são as diferenças. Esse pessoal pensa a política em proveito familiar próprio, isso é inegável. E essa Paraíba que eles querem ressuscitar nós já derrotamos, e não pode retornar. Se não der certo um chá de camomila, de maracujá, um lexotan mesmo para aguentar o debate, que é duro, mas necessário”, completou Ricardo. As informações são do Paraibonline.

 

Fonte: Paraíba Online

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião