Botafogo-PB só empata com o Globo-RN e fica fora do G4 da Série C

  • Autor: Redação - Data 06/06/2018

Botafogo-PB e Globo empataram no encerramento da oitava rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro da Série C. Na noite desta segunda-feira (04), as duas equipes se enfrentaram no estádio Almeidão, em João Pessoa. O time do Rio Grande do Norte saiu na frente do marcador, com gol de Romarinho. O Belo empatou em um gol de pênalti de Marcos Aurélio.

Depois de uma semana cheia de treinamentos, o treinador Leston Júnior surpreendeu e escalou o Bota-PB com algumas mudanças. Sem Walber, suspenso, Gladstone voltou à zaga. Na lateral esquerda, ele sacou Carlos Renato e colocou Daniel em campo. No ataque, Alex Gonçalves começou a partida ao lado de Dico, enquanto Nando e Mário Sérgio ficaram no banco de reservas.

Na sua primeira chegada de perigo, o time potiguar abriu o placar. Romarinho recebeu na esquerda dentro da área, fintou Gladstone e chutou de pé direito, no canto direito, pegando Saulo no contrapé, e balançando a rede botafoguense.

O Botafogo-PB jogava mal, e só obrigou Rafael trabalhar aos 30 minutos, quando Dico recebeu na intermediária e chutou forte de perna direita. O arqueiro da Águia caiu no canto direito e fez a defesa.

Depois do lance, a torcida do Belo passou a vaiar alguns jogadores, os responsabilizando pela autação ruim do time. Os mais visados eram o zagueiro Gladstone e o lateral esquerdo Daniel, que retornavam ao time titular depois de algum tempo no banco de reservas.

Antes do intervalo, aos 44, Dico finalmente fez boa jogada pela esquerda, cruzou para a área. A bola ia na cabeça de Lula, mas o goleiro Rafael chegou primeiro e mandou para escanteio.

E aos 46, a melhor chance botafoguense no primeiro tempo. Mazinho e Marcos Aurélio tabelaram na entrada na área. Mazinho recebeu na grande área e foi derrubado por Jamerson. Na cobrança, o camisa 10 tocou com categoria, no canto esquerdo de Rafael, que caiu para o outro lado, e empatou a partida.

Segundo tempo

Depois do intervalo o jogo ficou mais intenso, mas nenhuma das duas equipes conseguia criar uma chance mais clara de gol. Jogando em casa, o Belo tinha mais posse de bola, enquanto o tricolor do Rio Grande do Norte tentava aproveitar os espaços cedidos pela defesa adversária.

Quando o Botafogo-PB tentava sair mais, o Globo-RN se aproveitou e quase voltou à frente do placar. Aos 27, Max recebeu na direita, avançou em velocidade, invadiu a área e bateu cruzado, mas Saulo, com a ponta dos dedos, mandou a bola para escanteio.

A resposta dos donos da casa veio aos 33. Gladstone achou Felipe Cordeiro pela direita. O lateral cruzou na cabeça de Mário Sérgio, que mandou no canto direito de Rafael que espalmou. No rebote, Dico tocou para Marcos Aurélio, que chutou por cima da meta, sem perigo.

Em bola parada, mais uma chance para o Belo. Aos 40 minutos, Marcos Aurélio cobrou falta da entrada da área, e a bola passou com perigo, raspando o travessão do time potiguar.

Com o empate, o Botafogo-PB chega aos 11 pontos, e pula para a quinta colocação do Grupo A. O próximo compromisso do Belo será no sábado (09), contra o Juazeirense, na Bahia. Já o Globo agora soma 8 pontos, ultrapassa o Remo e deixa a zona de rebaixamento. A Águia potiguar volta à campo no domingo, quando recebe o Confiança-SE.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 1 Globo-RN
Campeonato Brasileiro Série C (Grupo A – 8ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Rafael Gomes da Silva; Daniel Luís Marques e Alex Ang Ribeiro (todos de SP)

Gols: Marcos Aurélio (B); Romarinho (G)
Cartões amarelos: Rafael Jataí , Allan Dias(B); Renato Potiguar, Galiardo (G)

Botafogo-PB: Saulo, Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula, Daniel (Nando); Rafael Jataí (Allan Dias), Rogério, Mazinho, Marcos Aurélio; Dico e Alex Gonçalves (Mário Sérgio). Técnico: Leston Júnior.



Globo-RN: Rafael, Cosme, Victor, Jamerson, Diego; Reinaldo, Galiardo, Vanger (Alex Sandro), Renato Potiguar (Jean Natal); Max e Romarinho (Eduardo). Técnico: Higor César. Com Voz da Torcida.

Fonte: Paraíba Já

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião