Após 4h de negociação, PM usa arma de choque para conter jovem com problemas mentais em Sousa

  • Autor: Nova Opinião - Data 13/04/2018

Um jovem de 19 anos que sofre com problemas psiquiátricos entrou em crise e ficou agressivo ameaçando familiares por volta das 14:40h desta quinta-feira (12) no Conjunto Nossa Senhora de Fátima na cidade de Sousa. Foi necessária ação conjunta entre as polícias militar e civil, além de SAMU e Corpo de Bombeiros para contê-lo depois de quatro horas de negociação.

Familiares conseguiram sair da casa e o jovem trancou todas as portas e janelas, pegou uma barra de ferro e passou a fazer ameaças. Depois de negociação sem sucesso, com autorização da família as equipes tiveram que arrombar a porta para conseguir entrar no local.

O jovem permaneceu bastante agressivo e com a barra de ferro na mão ameaçou os policiais e as equipes de resgate. Um policial militar precisou fazer uso da taser (arma de choque) para conseguir contê-lo. Ele foi medicado pela equipe do SAMU e em seguida encaminhado até o Hospital Regional de Sousa onde ficou internado em observação para depois ser encaminhado ao CAPS (Centros de Atenção Psicossocial).

Fonte: Diário do Sertão

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião