Geromel e Goulart são especulados e Roger não descarta mais reforços

  • Autor: Nova Opinião - Data 18/01/2018

O Palmeiras mudou sua política de contratações para 2018 e trouxe ‘apenas’ seis atletas nesta janela de transferências, número muito inferior às duas últimas temporadas. No entanto, isso não significa que o Verdão não trará novos nomes para seu elenco.

Os principais atletas especulados no Alviverde são Pedro Geromel, zagueiro do Grêmio, e Ricardo Goulart, atacante do Guangzou Evergrande, da China. O Verdão tem interesse no defensor do Tricolor gaúcho para substituir Yerry Mina, mas o alto valor da multa rescisória do atleta é um obstáculo por negociações.

Já Ricardo Goulart depende de uma liberação do clube chinês para voltar ao Brasil. O jogador, que confirmou ter sido procurado pelo Palmeiras, tem como objetivo galgar um lugar em uma grande equipe europeia e, para isso, acredita que uma volta ao seu país seria fundamental. Ele foi eleito o melhor jogador do Campeonato Chinês nas três últimas temporadas.

“Para o Palmeiras, como um clube grande, o mercado sempre olha diferente. Por vezes se fala muito de jogadores que não foram nem pautados. Todo mundo desejar jogar no clube. Eu tenho 30, 32 jogadores de alto nível. Clube grande sempre está aberto a possibilidades. Vamos iniciar o Paulista amanhã, o ano é longo e as competições que temos para disputar requerem que a gente tenha um grupo forte. Se houver outra necessidade, será avaliada”, afirmou o técnico Roger Machado.

Até o momento, o Palmeiras contratou o goleiro Weverton, o zagueiro Emerson Santos, os laterais Diogo Barbosa e Marcos Rocha, e os meias Gustavo Scarpa e Lucas Lima. O defensor, porém, nem sequer foi inscrito pelo Alviverde no Campeonato Paulista, e Roger Machado explicou a opção.

“O Emerson vem treinando muito bem, assim como os demais zagueiros. Zagueiro é uma posição que precisamos sempre ter mais, porque em função dela acabam perdendo jogos. O Emerson está se adaptando, ano passado ficou cinco meses trabalhando à parte (no Botafogo, por ter assinado pré-contrato com o Palmeiras). A limitação de 23 vagas (de jogadores de linha com mais de 20 anos) acaba fazendo com que a gente tenha que optar e fazer escolhas. Foi uma opção técnico e tática também. E o ano é longo. Já conversei com ele e os demais que não foram inscritos”, completou o treinador.

Dos reforços, apenas Lucas Lima e Marcos Rocha serão titulares nesta quinta-feira, quando o Palmeiras estreia no Campeonato Paulista, às 19h30 (de Brasília), contra o Santo André, no Palestra Itália.

Fonte: Gazeta Esportiva

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião