Nova Opinião - Vida Inteligente Na Internet


Leilão do Canindé não recebe lances e futuro do estádio segue indefinido

  • Autor: Nova Opinião - Data 19/11/2016

O leilão do Canindé foi realizado nesta sexta-feira, mas não houve nenhum lance. Assim, o terreno segue sem um novo dono. Houve mais de 600 cadastros para participar, mas ninguém se interessou pelo local, na zona norte da cidade de São Paulo.

O lance mínimo declarado pela Justiça foi de R$ 74 milhões, 60% do valor de mercado do estádio, avaliado em cerca de R$ 123 milhões. A Lusa tentou impedir o leilão por considerar que o Canindé tem um preço mais alto.

De acordo com o advogado Mauricio de Figueiredo Corrêa da Veiga, é necessário ter certeza sobre o valor real do terreno. A Portuguesa acredita que o preço pode chegar até a R$ 360.990.190,10, baseada em laudo particular de avaliação.

O dinheiro arrecado com uma possível venda do Canindé seria usado para o clube pagar parte de suas dívidas milionárias. O ex-jogador Tiago de Moura Barcellos move ação contra a Lusa desde 2002, e tem a receber uma quantia de R$ 47 milhões (em valores desatualizados).

A crise financeira no clube paulista se agrava a cada ano, e o desempenho esportivo vem sofrendo. Em 2016, a equipe de futebol acabou rebaixada à Série D do Campeonato Brasileiro, após campanha ruim na terceira divisão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião