Nova Opinião - Vida Inteligente Na Internet


Neném da CAGEPA diz que Cajazeiras têm água para abastecimento até março de 2018

  • Autor: Redação - Data 07/07/2017

O gerente regional da CAGEPA de Cajazeiras Cleudismar Alexandre (Neném da CAGEPA) foi o entrevistado desta sexta feira (07) do programa Boca Quente da Difusora, e falou sobre os trabalhos desenvolvidos pelo órgão na cidade e região.

Sobre o abastecimento específico de Cajazeiras, Neném garantiu que a CAGEPA terá condições de atender a cidade até o mês de Março de 2018, dentro do planejamento que vem sendo desenvolvido pela gerência seguindo as determinações dos órgãos controladores (ANA e AESA) que é a captação de até 120 litros por segundo, afirmou. Ele lembrou que qualquer alteração nesse planejamento só poderá ocorrer através de determinações dos dois órgãos.

Sobre as informações de que a adutora da zona norte que capta água do açude de Lagoa do Arroz estaria abastecendo aquela área da cidade e também parte do centro, Neném confirmou, porém, disse que a operação só é autorizada quando se faz necessário.

Um ponto importante citado pelo gerente, é que a CAGEPA mesmo tendo autorização para retirar 120 litros por segundo do açude de Engenheiro Ávidos, tem conseguido através do seu planejamento, captar pouco mais da metade desses números e, mesmo assim, mantido o abastecimento da cidade normal, o que significa economia da água armazenada no manancial, frisou.

As baixas temperaturas verificadas nos últimos dias e que deverão se prolongar na nossa região segundo a meteorologia, também ajuda na economia, uma vez que cai o consumo por parte da população, e com menos calor, a evaporação consumo bem menos, observou o gerente.

Atualmente o açude de Engenheiro Ávidos (Boqueirão de Piranhas) tem apenas 5,8% do seu volume total, ou seja, 12.953.192 m³ de água. Já Lagoa do Arroz, conta com 10.071.880, o que representa 12,56% da sua capacidade de armazenamento. Os dados são desta sexta 07.

Fonte: Blog do Furão

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião