Homens armados atacam sede de canal de televisão no Afeganistão

  • Autor: Nova Opinião - Data 17/05/2017

Um grupo de homens armados atacou, nesta quarta-feira (17), a sede da Rádio Televisão Nacional do Afeganistão (RTA) em Jalalabad. O grupo jihadista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque por meio da agência de notícias Amaq, que é afiliada aos militantes.

Segundo o porta-voz da polícia da província de Nangarhar, Hazrat Hussain Mashriqiwal, ao menos três membros do grupo que realizou o ataque foram mortos pelas forças de segurança. Já o diretor de Saúde Pública de Nangarhar, Najibullah Kamawal, informou que o hospital local recebeu duas pessoas mortas e 17 feridas. Ainda não está claro se os dois mortos citados por Kamawal são civis.

A "RTA" anunciou em um programa ao vivo que homens armados atacaram a sede em Jalalabad, capital da província de Nangarhar.

Um funcionário do canal, que pediu anonimato, afirmou por telefone que vários homens-bomba invadiram o complexo e que houve "violenta" troca de tiros. Esta pessoa, que no momento está na parte externa do imóvel da emissora, localizada perto dos escritórios do governador estadual e de um posto policial, disse que escutou várias explosões na sede.

O porta-voz do governador de Nangarhar, Attaullah Khogyanai, disse que "um número indeterminado de agressores" iniciou o ataque no local por volta das 10h (hora local) e que pelo menos "três explosões" foram ouvidas no interior da sede do canal. "As Forças especiais chegaram ao local", afirmou o porta-voz.

A província de Nangarhar, fronteira com Paquistão, é uma das mais conturbadas do Afeganistão e reduto do Estado Islâmico no país, além de ter uma importante presença dos talibãs.

Fonte: G1

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião