Incêndio destrói campo de imigrantes no norte da França

  • Autor: Nova Opinião - Data 11/04/2017

Um incêndio destruiu completamente o campo de imigrantes de Grande-Synthe, situado nos arredores da cidade de Dunkerque, no norte da França. Ao menos dez pessoas ficaram feridas pelas chamas ou intoxicadas pela fumaça, segundo os bombeiros.

Cerca de 1.500 pessoas moravam em cabanas pré-fabricadas de madeira. "Não resta mais nada além de um monte de cinzas", afirmou Michel Lalande, prefeito da região norte da França.

Lalande afirmou que o incêndio começou na tarde desta segunda-feira (10), após uma briga entre afegãos e curdos iraquianos com arma branca, que deixou seis feridos.
Um dirigente municipal, Olivier Caremelle, afirmou que foi um incêndio "proposital". "Atearam fogo a vários pontos diferentes, não pode ter ocorrido de outra forma".

Os imigrantes foram retirados do campo e serão reinstalados em um centro de emergência, disse Lalande, acrescentando que "será impossível voltar a erguer cabanas no local".

A população do Grande-Synthe havia aumentado consideravelmente desde a destruição, em outubro passado, de outro grande campo de imigrantes na mesma zona, conhecido como a Selva de Calais.

A costa norte da França atrai milhares de refugiados e imigrantes que tentam chegar à Grã-Bretanha, principalmente subindo clandestinamente em caminhões que se dirigem à ilha do outro lado do Canal da Mancha.

 

 

Fonte: G1

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião