Dudu comenta mudanças e admite preferência por esquema de Cuca

  • Autor: Nova Opinião - Data 14/02/2017

O Palmeiras fez apenas dois jogos oficiais em 2017, mas após a primeira derrota do ano, o técnico Eduardo Baptista já sofre com os questionamentos sobre seu trabalho, especialmente pelas comparações com o ex-técnico Cuca. O atual comandante fez alterações no plano tático, de marcação e de postura do Verdão em campo. Peça fundamental da equipe, o meia-atacante Dudu foi perguntado sobre sua preferência e não titubeou na resposta.

“Por mim, eu preferiria que continuasse como ganhou. Mas sabemos que é outra filosofia, outra comissão, chegam implantando o pensamento deles. Cabe a nós jogadores nos adaptarmos para ajuda-lo, e eles nos ajudarem também”, afirmou o camisa 7, antes de explicar mais sobre as mudanças táticas da equipe.

“Com o Cuca éramos mais agressivos, tínhamos jogadas para frente. O Eduardo gosta da posse de bola, do time controlando bem o jogo. Estamos fazendo isso, tivemos algumas chances contra o Ituano, muitas contra a Ponte Preta e Botafogo-SP, mas não fizemos aquela partida que o torcedor espera. Esperamos que, nas próximas, possamos ter um desempenho melhor”, completou.

Cuca escalava o Palmeiras campeão brasileiro na última temporada no 4-3-3, enquanto Eduardo Baptista opta pelo 4-1-4-1. Além disso, o sistema de marcação em jogadas de bolas paradas – motivo da derrota neste domingo, contra o Ituano – também foi alterado, deixando a marcação individual do ano passado para uma marcação mista – que se divide em individual e por zona.

Por fim, Dudu falou também sobre sua mudança pessoal na forma de atuar pelo Palmeiras. Se em 2016 o camisa 7 jogava pelo lado esquerdo do ataque, Eduardo Baptista tem o escalado pela direita, o que, segundo o jogador, não é um problema.

“Treinamos durante a semana. Eu já havia jogado pelo lado direito no ano passado, e como meia também. Na Seleção (com o Tite), joguei pela direita também. Isso não é problema. Se tivéssemos ganho, estava tudo bem, tudo normal. Temos de nos adaptar ao que o treinador pedir. Se pedir pela direita, pelo meio, pela esquerda, vou ter de captar bem para melhorar”, finalizou.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o São Bernando no Palestra Itália, quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O Verdão é o terceiro colocado do Grupo C do paulistão, com três pontos ganhos. O Santo André, líder da chave, tem cinco.

Fonte: Gazeta Esportiva

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião