Pausa para o nordestão

  • Autor: Reudesman Lopes - Data 24/01/2017

O campeonato paraibano dará uma pausa neste meio de semana para que os nossos representantes, Botafogo e Campinense iniciem a luta da Copa Nordeste. Após uma boa sequencia de jogos do paraibano, não teremos rodada neste meio de semana e apenas no final desta. Hora para que os nossos guerreiros possam recuperar um pouco o cansaço de partidas e viagens que de certa deixam os jogadores desgastados física e mentalmente. Essa parada, será fundamental também para que alguns clubes, que estavam sendo cotados para “brigar” lá em cima da tabela de classificação e que começaram dando um vexame danado aos seus dirigentes e torcedores, possam se ajustar e assim, equilibrar-se para a tentativa de uma “virada” e, nesse caso, estão o Paraíba Esporte Clube e o Sousa Esporte Clube, ambos trocaram de comandos na parte técnica e terão uma semana cheia de treinamentos para os ajustes que deverão ser realizados e de forma urgente. Bom também para os clubes que estão na briga direta pelo G4, Botafogo, Atlético, Treze pois terão tempo de não apenas recuperar a parte física, mas, e sim, os problemas com aqueles jogadores importantes por demais aos seus times e que se encontram entregues ao Departamento Médico. Nestas cinco rodadas jogadas até então, o campeonato paraibano vem mostrando uma bela competição, evidente que ainda é cedo, mas, já podemos dizer que a briga pelo G4 e consequentemente para a classificação ao mata mata final da competição será duríssima, Botafogo, Atlético, Treze e a surpresa Serrano comandam hoje as vagas, entretanto, estão vindo bem o CSP o Campinense, a briga promete ser intensa até a última rodada dos jogos da volta. Lá em baixo, na luta para sair da zona do rebaixamento, estão as surpresas, o Auto Esporte na lanterna e bem próximo dele estão o Paraíba e o Sousa. Nessa briga para sair desta posição que incomoda por demais a tradição do Dino e do clube coral cajazeirense, as apostas são de que, tanto o clube de Cajazeiras quanto o de Sousa, deverão sair e deixar que o Auto Esporte se “vire” para pular da degola em 2018. Como se vê, o campeonato paraibano pegou e, nem mesmo está parada de meio de semana vai interferir na motivação que toma conta do nosso torcedor. O que se espera é que as arbitragens possam zelar pelo futebol e de imediato pelos resultados em campo debaixo de muita imparcialidade.

Falou demais?

O treinador Jorge Luiz após o empate do seu clube o Paraíba frente ao Atlético, entrevistado pelos companheiros de imprensa e no auge do resultado, disse: “Isso aqui não é Botafogo, isso aqui não é Campinense, isso aqui é Paraíba”. No sábado, o seu time perde para o Serrano, acumula em cinco jogos, duas derrotas e três empates, disputa 15 pontos e ganha três e o seu ataque marca apenas um gol. Resultado, ele entregou o comando do time coral e soltou cobras e lagartos em cima dos seus jogadores. Ainda afirmou: “Esse time, 90% dos seus jogadores fui eu que formei”. Na terça feira Tiko Miudezas anunciava Paulo Sales como o novo técnico do Paraíba.

45 minutos

O Atlético Cajazeirense de Desportos venceu mais uma no Colosso das Capoeiras e, desta vez, o Sousa Esporte Clube, placar de 1 a 0. Sem fazer um bom primeiro tempo onde deixou o Dinossauro com a bola, o Trovão Azul do Sertão veio para o segundo tempo do jogo com outra postura, como estávamos habituados a ver, o Atlético foi prá cima do Sousa e dominou esta parte final da partida sem passar nenhum susto. O resultado de 1 a 0 não traduz a supremacia do Mais Querido do Sertão que merecia balançar as redes do time sousense em pelo menos mais duas oportunidades.

BOLA DENTRO

Para o show, mais uma vez, da Mancha Azul, os meninos deitaram e rolaram nas arquibancadas superlotadas do Perpetão. Mancha Azul é NOTA 10!

BOLA FORA

Para a arbitragem do jogo Serrano 1 Paraíba 0. O gol que deu a vitória ao time de Campina Grande foi um impedimento imoral. Assim não tem como resistir. NOTA 0!

 

Fonte:

Desenvolvido por Quick Tecnologia
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião