Estádio Higino Pires Ferreira, a luta continua

  • Autor: Reudesman Lopes - Data 18/01/2017

Estádio Higino Pires Ferreira, a luta continua

Todos sabem, sou um defensor confesso da memória cajazeirense e em especial ao futebol e aos esportes. Neste entendimento é que tive a ousadia e com ajuda de amigos e amigas, escrevemos e deixamos registrado em um livro de mais de 600 páginas a História do Futebol de Cajazeiras que, se constitui em ponto de partida para todos aqueles que porventura queiram conhecer a memória do nosso futebol. Pois bem, também, não é segredo de ninguém que travamos, com ajuda de poucos, uma luta que fora transformada em batalha, isso pelo tempo que vem durando, para que Cajazeiras, seus administradores, políticos e ou empresários possam ter um “olhar diferenciado” para com o nosso “velho” Estádio Higino Pires Ferreira, tão abandonado pelos nossos administradores. Agora, estamos reascendendo a nossa batalha, e estamos fazendo isso novamente tendo em vista a chegada de uma nova administração e, esperamos, que essa possa vislumbrar essa praça de esportes, berço do futebol cajazeirense com um “olhar de ousadia”, ou seja, buscando tirá-lo do estado de desprezo e de abandono que se encontra a décadas. Como citei anteriormente, uma batalha, diante de tantas dificuldades que se impõe pela cruel crise econômica que bateu o país pelos atos de corrupção praticados pelos nossos políticos. Mas, cito aqui que, alguns notáveis homens da escrita, pensadores, creditam que são nestes momentos de imensas barreiras que estamos a conhecer os grandes administradores e neles uma certeza avassaladora, “criatividade”, ela vem para derrotar todos os pessimistas de plantão, aqueles que não acreditam na vontade e na determinação dos outros. E, voltando aqui ao Estádio Higino Pires Ferreira, o que estamos a falar nas linhas anteriores, deveria, ter sido bandeira de luta na batalha pelo rejuvenescimento desta nossa praça de esportes. Entretanto, como citamos, sem vontade, sem determinação, sem prioridade, assim foi sendo levado o Estádio Higino Pires Ferreira. Acho que ele não deveria ser uma luta pura e simples do poder municipal, mas, e sim, de toda a cidade de Cajazeiras, entendamos, empresários e sua classe política. A união faz a força, velha nova frase que vale e muito para que juntos possamos tirar um dos marcos de Cajazeiras do estado em que hoje se encontra. E a você Zé, vai a minha esperança que a sua administração possa de fato ter um olhar “bem diferente” dos muitos que prometeram, mas, esqueceram-se das suas promessas. Uma coisa tenha certeza prefeito, vamos cobrar, entretanto, vamos lhe dar alternativas de armas para a batalha.

Show do Trovão

Assim como acontecera quando do confronto com o Botafogo de João Pessoa, o Atlético fez mais uma exibição de gala ao vencer o Campinense Clube pelo placar de 2 a 0 e quebrar um jejum que se arrastava a muitos anos. O time em campo foi simplesmente quase perfeito e o resultado foi até pouco para o volume de jogo apresentado pelo Trovão. Mosquito mais uma vez fez a diferença marcando dois gols e um deles driblando a defesa e o goleiro rubro negro.

Show da Mancha

Se em campo o time atleticano vem realizando grandes jogos e vencendo equipes fenomenais do nosso a exemplos de Botafogo e Campinense, fora dele, lá nas arquibancadas a sua torcida vem fazendo à sua parte e sob o comando da Mancha Azul que com os seus cantos e encantos vem fazendo à sua parte apoiando o time e os seus jogadores.

Saiu

Foram 3 jogos, sendo dois empates e uma derrota, resultados que deixou o Sousa na zona de rebaixamento do paraibano, isso bastou para o treinador Tazinho se reunir com a diretoria logo após a derrota para o Botafogo e deixar o comando técnico do Dinossauro. Um dos motivos alegados para a sua saída foi a falta de contratações para qualificar o elenco sousense.

BOLA DENTRO

Para as vitórias do Atlético frente ao Botafogo da capital e o Campinense Clube. Foi na raça e no futebol. Parabéns a galera do Trovão Azul que fez duas lindas festas no Colosso das Capoeiras. Vale NOTA 10!

BOLA FORA

Para a derrota do Paraíba frente ao Inter-Pb e o empate contra o Auto. Por essas poucos esperavam. Agora é ver os próximos resultados e ficar esperto neles. Resultados dignos de uma NOTA 0!

 

Fonte:

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião