Camila defende abertura da economia paraibana para o mundo

  • Autor: Nova Opinião - Data 05/09/2019

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB), membro da Comissão de Incentivo às Relações Internacionais de Negócios da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), destacou nesta quarta-feira (4), durante reunião, a parceria com a Comissão de Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), na busca de ações que possam garantir intercâmbio da Paraíba com outros países, garantindo o fortalecimento da economia estadual. Estava presente na reunião o cônsul de Malta, Thales de Castro, que falou sobre a importância das relações internacionais e atuação do Poder legislativo na paradiplomacia.

“Fomos até a Assembleia Legislativa de Pernambuco conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela Comissão de Assuntos Internacionais que vem proporcionando excelentes resultados na economia do estado. Os deputados são responsáveis em garantir e aproximar o Governo do Estado a outros países com o objetivo de garantir investimentos, seja na economia, saúde, educação, projetos sociais e até mesmo no combate à violência contra a mulher. É isso que estamos precisando na Paraíba e, por isso, estivemos conhecendo de perto o trabalho desenvolvido pelos nossos vizinhos”, disse a deputada.

Camila revelou que existe uma parceria do Estado de Pernambuco com o consulado Norte Americano para desenvolver ações que garantam o combate a violência contra a mulher. “São ações como essa que precisamos implementar no nosso Estado. Eu como presidente da Comissão dos Direitos da Mulher vou trabalhar nesse sentido. Voltamos à Paraíba cheios de ideias para serem implantadas pela Comissão de Incentivo às Relações Internacionais de Negócios”, destacou.

Premiação

A deputada Camila Toscano, acompanhada pelos colegas Tovar Correia Lima (PSDB), Eduardo Carneiro (PRTB) e Pollyanna Dutra (PSB), participou na noite da terça-feira (3) da entrega do Prêmio País Amigo de Pernambuco, edição 2019, concedido anualmente pela Assembleia Legislativa para países parceiros daquele estado.

Das cinco nações indicadas pelos parlamentares para a disputa, os Estados Unidos da América (EUA) e a República Portuguesa foram os escolhidos pela Comissão de Assuntos Internacionais da Alepe.

Fonte: Portal Correio

Desenvolvido por Quick
Todos os direitos reservados ao portal Nova Opinião